domingo, 29 de abril de 2007

Domingo

verde mar de minha terra

.




ontem parecia que o inverno era o nosso tempo. mas nessas latitudes sempre é verão. então a promessa de vinho e fondue no frio que se anunciava fica adiada. pois o tempo do inverno aqui é algo improvisado, sempre superado pelo afobamento da rua, pelo calor que se solta dos corpos. hoje, com esse sol se derramando pela praia do futuro, aonde o mar invade a aparente lassidão do domingo, melhor mergulhar, mesmo sem bote salva-vidas, e admitir, que voltar ao mar é condição fundamental para ser feliz.




5 comentários:

maria. disse...

com certeza, bêibe.

ricardo disse...

é impossível ser feliz sem ele.

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Voltar ao mar é condição para ser feliz....
Subscrevo e vivo assim

DE-PROPOSITO disse...

'Voltar ao mar,... condição para ser feliz'.
.....
Será ?!... É que o mar é uma imensidão. E na imensidão nós nos perdemos, ficamos sós, sem carinhos, apenas uma estrela solitária. Por isso o mar será bom, mas para os seres vivos que vivem lá.
Fica bem.
Felicidades.
Manuel

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Sem dúvida: voltar ao mar, é condição para ser feliz.
Que o bater de seu coração seja um constante vai vém de marés.
Beijo
Boa semana