quarta-feira, 3 de janeiro de 2007

Sonhos

Un sueño ayuda a marcarte un objetivo.
después, sólo necesitas un esfuerzo para convertirlo en realidad.
Tai Lihua, bailarina do espetáculo My dream.
------------------------------
Akira Kurosawa
Hoje revi o filme Sonhos(1990), de Akira Kurosawa. um filme que é um recorte poético das fantasias humanas. mas de sua realidade também: um olhar sobre a natureza, o amor, o ntendimento e o desentendimento entre os homens. Kurosawa sempre é preciso, mimético, detalhista, plástico. de seus oito episódios “o jardim dos pessegueiros” é o que mais me impressiona: o irmão mais novo de uma família, ao servir chá para as irmãs, depara com uma moça que foge. seguindo-a percebe ser ela uma boneca e logo vê os pessegueiros da sua casa totalmente cortados, restando somente tocos. os espíritos dos pessegueiros - incorporados num imperador e seus súditos - surgem em uma coreografia melancólica, e dançam para o menino ritmados pela música – inicialmente, sons tradicionais do Japão e no final sons mais contemporâneos, quase ocidentais. as cores do episódio, vermelho, verde, branco e rosa - são alternadas entre os planos da dança e os planos das árvores - e enchem a tela como uma pintura, a florada de um sonho que afeta o menino de alegria e contemplação. e nos emociona também.

6 comentários:

maria. disse...

ele é o mesmo que fez dolls? se for,alugo esse junto tb. :D
:*

Anônimo disse...

Q linda imagem.

Anônimo disse...

Saudades sua Simone. Bjo

deivyson disse...

quero ver esse filme, deve ser bom demais

beijoss my dear

Dudu disse...

Gosto mais da história que não devia sair e desobedece, depois ele, com o coração na mão, é obrigado a reparar o seu erro... pesado...
bjo.

Simone Oliveira Lima disse...

sim esse outro episódio é mais tua cara...
mas a poética das imagens do "jardim" me conquista. e aquela música inicial, é assombrosa...os sons de bambu...

viu o Trema aí?

bjos querido